Chá de salsa, formas de melhor utilizar.

Os benefícios do chá de salsa

Os benefícios do chá de salsa

Como utilizar chá de salsa

A salsa ou salsinha  é conhecido nacionalmente como um popular tempero. Responsável por dar mais sabor aos alimentos, ela costuma ser incluída no preparo de feijão, arroz, saladas e acompanhamentos e cai bem em praticamente qualquer prato.

Além de ser uma erva aromática de uso bastante comum, também pode ser usada de maneira medicinal. Ela é rica em vitaminas A, B1, B2, C e D, desintoxica o organismo, controla a pressão arterial e colabora com o bom funcionamento cardiovascular.

Propriedades e Benefícios:

Uma ótima opção de consumo é o chá de salsa, que é diurético, relaxante, digestivo, ajuda a melhorar infeções urinárias, evita a retenção de líquidos e ajuda a limpar os rins. Seu consumo regular é capaz de evitar que se formem cálculos ou pedras nos rins, além de eliminar o sal e ureia acumulada no organismo.

O chá de salsa é antioxidante natural, tornando assim uma fonte poderosa para combater doenças crônicas e o envelhecimento precoce.

É rico em vitaminas B12, C, A e K, ela é uma das maiores fontes existentes de vitamina C, essa vitamina também estimula a formação de colágeno (prevenindo rugas), e juntamente com a vitamina A fortalece o sistema imunológico combatendo a fadiga e anemia. O chá de salsa contribui para o controle da pressão arterial, pelo ácido fólico, que mantém o coração forte.

O chá de salsa afina o sangue, e impede a formação de coágulos nas artérias. Aumenta também o calibre dos vasos sanguíneos, e é anti-inflamatória, protegendo assim de doenças cardiovasculares.

A salsa é também Emenagogo, vasodilatadora e tonificante.

O chá de salsinha é rico em vitaminas B12, C, A e K, e eleva a resistência do sistema imunológico, evitando resfriados. Contribui para o controle da pressão arterial, pelo ácido fólico, que mantém o coração forte. Com o ferro e vitamina C, combate fadiga e anemia.

Evita mau hálito. O cheirinho ruim que às vezes aparece na boca de quem está de dieta é eliminado com o chá de salsa. Isso porque ele tem uma grande concentração de clorofila, que inibe a produção de bactérias do mau hálito.

Se tiver gostando de nossas postagens então CURTA E COMPARTILHE!

Modo de Usar:

Diurético, infecção urinaria; eliminador de ureia; inchaços, edemas; cálculos urinários; reumatismos; gota: em uma xícara de chá, coloque 1 colher de chá de raízes picadas e adicione água fervente. Abafe por 10 minutos e coe. Tome 1 xícara de chá de manhã, em jejum, e outra à tarde.

Regularizador do fluxo menstrual: coloque 2 colheres de chá de frutos-sementes em 1 garrafa de vinho branco. Deixe em maceração por 10 dias e coe. Tome 1 cálice, 2 vezes ao dia, de preferência, 10 dias antes do início de menstruação.

Abscessos; chagas; feridas; úlceras; secar o leite materno; picadas de insetos: em um pilão, coloque 3 colheres de sopa de folhas e hastes frescas bem , picadas e adicione 1 colher de chá de mel. Amasse bem até formar uma pasta. Espalhe sobre um pano ou gaze e aplique, em forma de cataplasma, sobre o local afetado, renovando a aplicação, 2 a 3 vezes ao dia.

Para energético natural: separe o suco de 1 laranja, e bata com 1 beterraba, 1 cenoura e meia xícara de chá de salsa, com 1 copo de água. Coe e beba de imediato.

Para alergias como a urticária: Pode ser colocada de maneira tópica diretamente na pele, com as folhas esmagadas em forma de emplastro.

Para gases intestinais: 1 litro de água  em uma colher de sopa com sementes de salsa secas, 2 colheres de sopa com raízes e folhas de erva doce secas. Beba 200 ml de 6 em 6 horas, se desejar adoçar prefira o mel de abelhas.

Riscos:

É contra indicada para gestantes e apesar de ter propriedades anti-inflamatórias, é contra indicada também para pessoas com inflamações agudas internas, devendo ser usada por prevenção apenas nas inflamações externas.

Gostou deste artigo? Para receber nossas postagens é só insirir o e-mail abaixo:



 

Você pode gostar...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *